Cursos / Eventos - 27/06/2017

Cultura do Aperfeiçoamento

Defendemos, como nas sociedades mais avançadas, a cultura do aperfeiçoamento. Todo sistema, instituição ou órgão público precisa, no andar da carruagem ou no decorrer de sua existência, aperfeiçoar-se para o melhor atendimento de seus objetivos. Assim é, por exemplo, o sistema previdenciário, cuja solução salta aos olhos: fim dos privilégios (com bem defendeu o presidente da UGT, Ricardo Patah), único e igual cobertor de proteção para civis e militares, trabalhadores públicos e privados, única e adequada forma de sustentação do pacto de gerações, administração dos recursos por aqueles que pagam (governo, empresários e trabalhadores) e, enfim, fim dos refis sistemáticos e punição exemplar daqueles que burlam o sistema. O aperfeiçoamento dessas instituições todas existentes no Brasil nos levaria, com o tempo, a um estágio de civilização. Por enquanto, vivemos na barbárie.

Newsletter