Geral - 17/12/2017

Denúncia contra Temer pode ser votada quarta (18) na CCJ

Fonte: Diap

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), decidiu não fazer nesta terça-feira (17) a votação da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Assim, a denúncia poderá ser votada na reunião desta quarta-feira (18) da CCJ, marcada para começar às 10 horas.

Pacheco disse que tentará encerrar a discussão ainda nesta terça, o que levaria os trabalhos até 1 hora da manhã. No entanto, muitos deputados podem se ausentar e, por isso, o presidente da CCJ espera que a reunião termine às 23 horas.

Nesta quarta, os deputados deverão interromper a análise da denúncia se tiver início a Ordem do Dia do plenário, que está marcada para as 13h55. Nesse caso, a CCJ terá de esperar o final das votações do plenário para retomar os trabalhos.

Agenda do Congresso
Acompanhe a agenda do Congresso Nacional, entre o que aconteceu na terça-feira (17); e o que está previsto para acontecer nesta quarta-feira (18), em diante.

Acompanhe também a agenda das comissões temáticas da Câmara dos Deputados e a do Senado Federal.

Newsletter