Economia - 17/12/2017

Arrecadação do governo volta a subir pelo segundo mês seguido

Pelo segundo mês seguido, a arrecadação do governo federal cresceu mais do que a inflação. O resultado reflete melhora dos indicadores da atividade econômica e alivia a situação fiscal da União. Com mais dinheiro em caixa, o governo deve pagar ainda neste ano parte das despesas que seriam postergadas para 2018. Em agosto, as receitas do governo federal tiveram alta real de 10,78% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados de setembro ainda não foram divulgados. Mas a estimativa da Consultoria de Orçamento da Câmara, com base nos dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), aponta para um crescimento real de cerca de 6% nas receitas no mês passado em relação a setembro de 2016. De acordo com o secretário de Acompanhamento Econômica do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, o crescimento da arrecadação deverá ser superior a 3% em setembro.

Newsletter